Halloween e Tarô

Halloween

Há algum tempo a palavra bruxa perdeu sua conotação negativa. Não poderia ser diferente afinal, é uma filosofia que nos ofereça a chance de entendermos quem somos, de onde viemos e para onde vamos… Um caminho espiritual que nos devolve o comando sobre nossas vidas e nos ajuda a entender nosso papel no mundo… Uma filosofia capaz de integrar nossas essências física, mental e espiritual, um modo de vida no qual o Masculino e o Feminino se equilibram, se harmonizam e se completam – tudo isso é o que a Bruxaria oferece.

O termo bruxaria é usado para descrever muitas coisas, mas o que chamamos de “Bruxaria Moderna” possui elementos cujas origens se perdem na noite dos tempos. É uma espiritualidade notadamente xamânica e, portanto, universal – qualquer pessoa, em qualquer lugar do planeta, pode entender e desfrutar da bruxaria moderna. Isso porque, apesar desses elementos ancestrais, a Bruxaria é perfeitamente alinhada com nossos tempos e nossas necessidades atuais.

A Bruxaria vê a natureza como sagrada – suas práticas vêm da compreensão dos ciclos da Natureza e do entendimento que todo o universo é vivo e, portanto, sagrado. É uma espiritualidade para o agora através de seus ensinamentos, a Bruxaria nos mostra como viver em harmonia com a natureza – tanto a do ambiente quanto a nossa própria natureza interior. Portanto, a Bruxaria pode se descrita como uma “Espiritualidade Verde”. Nada mais importante, em tempos de aquecimento global e de tanta agressão ao meio ambiente.

Como é uma religião pautada na reintegração do ser humano à Natureza, nada mais natural do que a Bruxaria ver o Divino como sendo tanto masculino quanto feminino – e esse equilíbrio é igualmente importante em nossos dias.

Assim, a Bruxaria alivia alguns dos mais angustiantes anseios da vida moderna, como a desigualdade ente sexos, a exploração predatória da natureza, o consumismo e o receio da morte.

Ao nos explicar a Magia da Natureza e de seus ciclos, a Bruxaria nos ensina a viver magicamente. Podemos dizer que a prática da magia surgiu com a humanidade, mas sua energia já existia desde sempre. O Universo é mágico – o mundo em que vivemos, os ecossistemas, nosso organismo, as ervas e plantas, as estações do ano – tudo isso é potencialmente mágico.

Halloween Tarot

O tarô nos auxilia a compreender a nós mesmos, a termos o autoconhecimento. Isso é MAGIA! Através do contato e da compreensão dessa magia, que para mim é o tarô, podemos de fato transformar nossas vidas, tornando-as mais plenas e integradas – tanto no nível pessoal quando no global.

Pautada na terapia do autoconhecimento, a Bruxaria põe de volta em nossas mãos à cura para muitos pontos de desequilíbrio de nossas vidas. Cura que virá do modo mais importante: do nosso interior, uma cura orquestrada pelo anseio de ser o condutor de sua própria vida.

Se for ser bruxa usar o tarô como ferramenta de autoconhecimento, como terapia de auxílio para aqueles que querem transformar suas vidas, então somos, não é Elizabeth França?

Comemoremos nosso dia!

Acima, as imagens de um Deck de Tarô, o Halloween Tarot, by Kipling West, aumentando assim nosso conhecimento dos diversos tipos de Decks existentes.

By   Rosi Guimarães

O Pequeno Príncipe e a Criança de Paus

Estava conversando com Elizabeth França sobre os livros que nos marcam e me recordei quando ganhei ” O Pequeno Príncipe”. Muitas vezes os pequenos presentes dados de coração, são aqueles que fazem uma profunda diferença em nossas vidas. Um presente pode ser uma florzinha oferecida por uma criança pequena ou um livro comprado por um amigo.

O Pequeno Príncipe (publicada em 1943 pelo aviador e escritor francês Antoine de Saint-Exupéry) é aquela estória, como costumam dizer, que sempre muda de significado dependendo da idade que você tem quando a lê. Tal como as parábolas que, mesmo entendidas literalmente, fazem sentido, quando se tem mais repertório, a interpretação fica igualmente mais profunda.

Basicamente, a história conta o acidente aéreo do narrador, que se supõe ser o próprio Antoine, cujo avião cai no deserto. Ali ele encontra o Pequeno Príncipe, um menino de cabelos loiros encaracolados, recém-chegado a Terra. Este lhe conta que vive em um pequeno asteroide, onde sua melhor amiga é uma rosa que ele protege com uma redoma de vidro. Descreve também como é seu dia-a-dia e os motivos que o fizeram viajar pelo espaço, conhecendo personagens estranhos em outros planetas, finalmente chegando ao nosso. Nesse livro ele aborda metáforas, revelando aspectos da Humanidade, tais como o apego ao dinheiro, ao trabalho, os vícios ou a falta de um sentido maior na vida.

Além disso, o livro, ilustrado pelo autor, é recheado de grandes ditos que até hoje são reproduzidos como a frase que a Raposa – um dos personagens que o Pequeno Príncipe encontra na Terra – diz ao menino, quando se vê totalmente apaixonada por ele sem ser, no entanto, correspondida: “você é eternamente responsável por aquilo que cativas”. No final da história, o Pequeno Príncipe ao retornar para o seu próprio planeta oferece ao homem a sua estrela como um presente.

Tarô da Criança Interior de Isha e Mark Lerner

O Pequeno Príncipe (no Tarô da Criança Interior de Isha e Mark) é retratado como a Criança de Paus. Entre os significados dessa carta temos criatividade, entusiasmo, confiança e coragem, atributos que podem sim ser relacionados com este encantador menino que, pelo jeito, em toda sua inocência de criança, não tinha medo de nada, além de possuir muita disposição e aspiração em ir sempre mais longe. Ou seja, uma inquietação típica do naipe de paus.

O Pequeno Príncipe é a estrela infantil em cada um de nós. Como está sua criança interior? Como nos abrimos para a maravilha das estrelas, as flores, e toda a vida no universo?

Nós, também, podemos viajar para lugares distantes em nossos sonhos e visões. Nós somos capazes de visitar lugares exóticos aqui na Terra e conhecer pessoas maravilhosas em todos os cantos do globo. O aparecimento de O Pequeno Príncipe na sua leitura dessa semana é um belo presente para você. O doce amor está florescendo em sua vida. Suba a bordo de sua borboleta de transformação pessoal e voe em direção à criança que despertou do amor que vive em sua imaginação criativa. Dê um passeio ao luar e veja as estrelas cintilantes. Você as vê sorrindo para você? Pode ouvir o seu riso infantil?

Adaptado de Vanessa Mazza  By Rosi Guimarães

 

Kuan Yin

Como já comentei em um post anterior, o Tarô deve e pode ser apreciado em suas manifestações artísticas: na música, na pintura e na poesia…e por que não na dança?

Hoje é dia de Kuan Yin, a Deusa da Misericórdia! Essa semana já a associei a uma das lâminas do tarô e hoje convido a todos a homenageá-la com o belo, em uma de suas manifestações mais antigas e conhecida da humanidade — a dança! Apreciem…

 

By Rosi Guimarães

A carta da Sacerdotisa e Kuan Yin

No dia 19 de outubro, é celebrada a data em que Kuan Yin, deusa do perdão, Misericórdia e Compaixão, estava nas portas do Nirvana, pois tinha ascendido à Luz, e ao escutar o clamor vindo da Terra, recuou e se comprometeu a prestar assistência à humanidade até que a última alma fosse redimida, tal o tamanho de seu amor pelos seres humanos.

Kuan Yin é o nome chinês da bodhi-sattva que personifica o princípio da compaixão Budista, aquela que testemunha o sofrimento e a angústia dos seres do mundo, que escuta o seu pranto, dispensando-lhes misericórdia.

Kuan Yin tem auxiliado milhões de almas envolvendo-os na Chama da Misericórdia e alivia seus carmas de acordo com a permissão da Lei.

The Mystic Dreamer Tarot

Ao pensar em qual carta do tarô representaria essa divindade, pensei imediatamente em associá-la a Alta Sacerdotisa. No Mystic Dreamer Tarot, ela está sentada em um trono, em sua mão ela segura uma fruta brilhante, que pode bem representar a sabedoria. A lua aos seus pés e cabeça mostra que a sabedoria é intuitiva. Quando falamos em intuição, estamos falando do feminino e logo se pensa na mãe. As duas colunas, também presentes em outras cartas, trabalham as polaridades (também representadas pelos rolos no colo da Sacerdotisa), a mãe terrestre e a mãe celestial. Podemos assim pensar em Madre Tereza, Maria, Isis, Kwan Yin e Gaia.

O feminino é um aspecto interessante da divindade; quando se fala em feminino, logo se pensa na mãe e na energia do amor. Vocês já refletiram sobre o amor? Quando amamos queremos estar próximos do ser amado; sentimos que fazemos parte da mesma energia, da mesma essência, queremos proteger e nutrir. Quando este sentimento é includente é chamado de compaixão. A compaixão é sempre assimilada a uma grande sensibilidade e profunda compreensão do outro ser, participando de uma grande intimidade. Este aspecto do sentimento humano é simbolizado pela Alta Sacerdotisa.

Kuan Yin surge em nossas vidas para dizer que está na hora de alimentarmos nossos corações com a compaixão. Compaixão pelos outros e também por nós mesmos.

E você? Você se importa pelos sentimentos dos outros? Ou não se interessa? O que lhe afasta da compaixão? Tem medo de abrir seu coração? Reflita… o momento é agora e só depende de você.

Referência: Livro “Perdão, chave mestra que abre a porta da liberdade”.

   By Rosi Guimarães

Faça Tudo Com Paixão!

 

Essa jornada pelo mundo mágico do tarô, para mim tornou-se uma paixão! Quem me conhece sabe que tudo que faço tenho que estar motivada pela paixão, paixão é o meu combustível, é o que me move, é o que me faz sentir viva!

E como também sou apaixonada pelos meus amigos, compartilho com vocês essas lâminas lindas!

Tarô é arte, beleza, paixão…não apenas em nosso tempo, porém desde a sua origem.

Apreciem, admirem e apaixonem-se também!

By Rosi Guimarães

Entradas Mais Antigas Anteriores

CURRÍCULO:

CERTIFICADA COMO CATR PELO THE TAROT CERTIFICATION BOARD OF AMERICA.
CERTIFICADA EM TELEPSIQUISMO, DEFESA PSÍQUICA, CHAKRAS, TÉCNICAS DE REPROGRAMAÇÃO MENTAL PELA UNIDARMA.
MESTRA EM REIKI, SISTEMA USUI E THE WAY OF THE HEART.
FORMADA EM MAGIA, AROMATERAPIA, TERAPIA DOS FLORAIS E ORÁCULO DAS VELAS PELO BUZZERO.
INICIADA NO SAGRADO FEMININO PELA TERAPEUTA LUCI PORCINO.
SACERDOTISA DA ORDEM DE MELQUIZEDEK.


Cartas na Mesa

O Tarô na vida e no cotidiano

Sabor Perfeito

"Não existe amor mais sincero do que aquele pela comida." George Bernard Shaw

Viajando Barato Pelo Mundo

Promoções de passagens aéreas

Oficina das Bruxas

Por Rosea Bellator

marciadeluca

Filosofia de Bem-Viver

Rosi Guimarães

Todos tem em si, tudo de que precisam!

sobrevivendo

um espaço dedicado àqueles que sobreviveram qualquer tipo de violência

Chris Allmeida

Todos tem em si, tudo de que precisam!

Meu Retorno

Todos tem em si, tudo de que precisam!